Já avisamos tantas, mas tantas vezes que a Junta de Freguesia faz recolha de lixo. Hoje, sexta-feira, deparamo-nos com esta lamentável situação. Não deixem “às portas” dos outros o que não querem nas suas casas. Não há recolha durante o fim de semana!

Segue o texto lido pela Presidente da Junta de Freguesia, Honória Leandro, sobre a simbologia do coreto – Palco do Largo. Texto da autoria de Helder Castro Dinis Tavares, autor do projeto.

“O Coreto”

O coreto é uma das melhores e mais carinhosas construções que acompanharam todas as festas profanas e religiosas aqui da nossa localidade, sendo o responsável por proporcionar o convívio do seu povo e das suas gentes. Recuando no tempo não é fácil esquecer o coreto que era montado ao pé das instituições da Vila para a realização dos seus espetáculos ou festas tradicionais da época. Disso temos como exemplo as 2 filarmónicas os impérios, os clubes de futebol ou mesmo no Porto de pescas e a mais importante, a festa da Igreja Paroquial em sufrágio a Santo António, onde o coreto era montado mesmo aqui ao lado no centro deste Largo. É de referir que este “Coreto” tem a particularidade de olhando á sua volta no espaço físico onde foi implantado, ter sido construído inspirado com partes de alguns edifícios mais emblemáticos da Vila, que no caso é o teto em abóboda de Berço com pináculo da torre sineira da igreja paroquial quinhentista, único na ilha, em conjunto com elementos decorativos dos impérios da Vila que no caso são as colunas que suportam as respetivas cimalhas das janelas e as suas cores garridas. E por último e não menos importante, a casa centenária onde atualmente funciona os serviços administrativos da Casa do Povo, nos motivos decorativos do teto do coreto complementando o conjunto das suas varandas.

As celebrações do Dia da Vila terminaram com uma tourada no Porto de Pescas, da ganadaria António Lúcio, oferecida pela Câmara Municipal de Angra do Heroísmo. Obrigada à Firma FCL & Filho pela disponibilização da carrinha para transporte dos touros, e porque nunca é demais agradecer, obrigada a todos que colaboraram!

Dia da Vila

Estreamos o Palco do Largo de Santo António neste dia da Vila, com umas palavras proferidas pela Presidente da Junta de Freguesia Honória Leandro, que entre os vários temas relevantes abordados, fez um agradecimento público a Hélder Tavares pela oferta do projeto do palco, lendo ainda um texto explanativo do significado do desenho do “coreto”, assim como também à Dionysus Associação Recreativa e Cultural, uma importante parceira neste projeto. O Presidente da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, Prof. Álamo Meneses também discursou perante quem se dirigiu até ao Largo de Santo António para celebrar este dia que é de todos nós. De seguida foram entregues os prémios de participação do Concurso de Maios (Luisa Viveiros, Centro de Dia da Casa de Povo de Porto Judeu, Sofia Brasil e Dylan e Davi Soares); Prémios de Mérito Escolar (Carolina Toste, Bernardo Vicente, Matilde Lima e Madalena Lima); Voto de Louvor por Mérito Cultural (Luana Rocha) e Votos de Cidadão Beneméritos (Manuel & Sandra Rocha e José Filomeno & Leonilda Dutra). Os Myrica Faya foram a primeira banda a estrear o “nosso” palco, cujas fotografias aqui publicados não deixam margem para dúvida duma excelente atuação. Terminamos com fogo de artifício, porque, este dia merece tudo! Obrigada a todos pela vossa participação e por nos honrarem com a vossa presença. Um agradecimento muito especial aos nossos colaboradores que trabalharam até à exaustão para que vos pudessemos providenciar um dia com toda a dignidade que o Porto Judeu merece. VIVA O PORTO JUDEU!!

O Porto Judeu celebra o seu 6º aniversário de re-elevação a Vila, no dia 1 de julho.

As celebrações tiveram início com a inauguração do parque de estacionamento “Comandante Manuel Brito”, sito no Refugo. O seu filho mais velho, Dr. Luis Brito Azevedo fez um discurso, na presença dos seus irmãos e respetivos familiares, Presidente e Vice-Presidente da Câmara Municipal de Angra do Heroísmo, assim como algumas coletividades que nos honraram com a sua presença e restantes cidadãos. De referir que o Comandante Manuel Brito nasceu na casa centenária anteriormente existente neste espaço, tendo o seu filho, em 2003 enviado uma extensa carta à Junta de Freguesia para que a história do seu pai fosse conhecida por todos, por considerar importante ficar o registo para memória futura. Nunca é tarde demais para lembrar, honrar e homenagear os benfeitores do Porto Judeu. Deixamos um registo da inauguração.